15.12.08

Presidente do Cebrapaz defende união dos povos contra o imperialismo
O mundo quer paz

Por Carolina RuyCriada em 1943, durante a II Guerra, a 4a Frota estadunidense foi reativada em 2008 para operar em relação à América do Sul, América Central e Caribe, alegando duvidosa missão humanitária e combate ao "terrorismo" na região. Tal apelação do governo dos Estados Unidos mostra a fragilidade de sua hegemonia global. Socorro Gomes, presidente do Conselho Mundial da Paz, defende que é necessário unir os povos da América Latina e do Caribe, a fim de reagir contra o imperialismo. Para ela, apesar de todo o poder, o imperialismo estadunidense tem sofrido muitas derrotas. Hoje este imperialismo está em uma situação difícil. Continua a fazer suas guerras, mas já mostra que não é invencível. Cada vez está mais claro que a política dos Estados Unidos está em decadência. O mundo quer paz.

Nenhum comentário: