6.10.09

Estudantes protestam contra reajuste das passagens de ônibus em Criciúma


Grupo de 400 jovens bloqueou tráfego no Terminal Urbano Central nesta segunda-feira

Durante uma hora na manhã desta segunda-feira, estudantes interromperam o tráfego de ônibus no Terminal Urbano Central, em Criciúma. Sob os olhos da Polícia Militar (PM), eles protestaram de forma pacífica contra o aumento da passagem do transporte coletivo.

Cerca de 400 estudantes seguravam faixas e vestiram nariz de palhaço, além de fazer barulho com apitos.

Das 8h30min às 9h30min algumas linhas de ônibus foram levadas para a Avenida Centenário e outras foram temporariamente suspensas, até que a manifestação fosse encerrada no pátio do terminal.

O novo valor da passagem, R$ 2,50, passou a valer a partir de hoje. O valor foi reajustado em agosto deste ano, quando a passagem passou de R$ 2 para R$ 2,30 na catraca (em dinheiro).

E a diferenciação para R$ 2,50 estava prevista quando o decreto municipal nº 632, de 31 de julho de 2009, foi aprovado pela prefeitura com base na planilha de custos apresentados pela Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU).

A tarifa diferenciada vale apenas para quem não utiliza os cartões Criciumacard, de bilhetagem eletrônica. Para quem já possui o sistema, com os cartões de estudante, professor ou o vale transporte não haverá qualquer mudança.


Todas as pessoas que utilizarem o cartão Criciumacard Cidadão continuarão a pagar o valor de R$ 2,30 pela passagem. Para quem optar pelo pagamento em dinheiro a passagem cobrada será de R$ 2,50, conforme determinou o decreto.


De acordo com o presidente da ACTU, David Tiscoski, a medida pretende reduzir o volume de dinheiro que circula dentro dos ônibus e consequentemente trazer mais segurança aos passageiros, além de incentivar o uso de cartões, o que torna o embarque mais ágil e a barateia os custos.


Fonte Diário Catarinense

Um comentário:

CUCA disse...

saudações a quem tem coragem camaradas!
todo apoio aos estudantes de criciuma e a luta pelo transporte PÚBLICO.

tarda mais não falha!

bjs
;*