21.11.08

20 DE NOVEMBRO DE 2008
Marcha da diversidade celebra o dia Dia Nacional da Consciência Negra

A quinta-feira (20/11), Dia Nacional da Consciência Negra, mobilizou a capital mais negra do país, Salvador, com a realização da 29ª Marcha Zumbi dos Palmares; assim nomeada em menção honrosa ao líder do mais altivo quilombo, na data em que o ícone da história dos negros no Brasil foi morto, em 1695, delatado por um antigo companheiro.

A marcha reuniu entidades, sindicatos e agremiações

A marcha tingiu de negro as ruas do Centro da cidade contra qualquer forma de discriminação e a intolerância religiosa, e em defesa da aprovação do Estatuto da Igualdade Racial. O samba deu o tom dos festejos e o clima era de “protesto com criatividade”, segundo definiu a Coordenadora Nacional de Juventude da Unegro - União de Negros pela Igualdade. “É tradição africana unir protesto com música e dança”, ressaltou Ângela Guimarães.

Organizada pela Conen – Coordenação Nacional de Entidades Negras, a manifestação reuniu cerca de 5 mil pessoas – segundo dados da polícia militar – em caminhada da Praça do Campo Grande até a Praça Municipal. Durante todo o trajeto, novos manifestantes foram se juntando e somando o passo nos festejos pelos 120 anos de abolição da escravatura.
Mas o momento também era de reflexão sobre o papel do negro no cenário baiano. “O clima é de força, de luta e de politização”, destacou a vereadora Olívia Santana (PCdoB). “Não vamos conseguir transformar a sociedade sem a elevação da consciência política”, defendeu.

Olívia ainda saudou a decisão da Câmara Federal que, justamente no 20 de novembro, aprovou o projeto de cotas para negros e pobres nas universidades públicas brasileiras. “Isso demonstra o crescimento dos avanços sociais. A cota representa igualdade de oportunidades e, consequentemente, eleva a auto-estima do negro e o nível de disputa por ocupação de espaço dentro da sociedade”, endossou o coro, o vereador do PCdoB, Oliveira. “A educação é o grande instrumento de transformação social”, reafirmou.

Nenhum comentário: